Make your own free website on Tripod.com
Linfático

A CURA NATURAL PLANTAS, ERVAS, RAÍZES E ALIMENTOS

Home   Plantas Medicinais   Propriedades das Plantas Medicinais   Dicas   Doenças  Órgãos   Contato   Relatos   Envie seu relato   Produtos Naturais   Especialistas   Plantas Ornamentais   Fitoterapia   Glossário    Viva com Saúde   Bibliografia

O SISTEMA LINFÁTICO
  
O sistema linfático é um sistema vascular (conjunto de vasos) que desempenha importantes funções no organismo: ajuda o 
sistema vascular sanguíneo na remoção de impurezas. distribui pelo corpo as gorduras recolhidas nos intestinos, e contribui 
sobremaneira para o funcionamento dos mecanismos de defesa do organismo. A eficácia desse sistema apóia-se nos capilares 
linfáticos, que se originam nos espaços intercelulares, um fundo cego, isto é, sem terem uma abertura para comunicar-se 
com a região em que nascem. 
Não há contato direto entre seu conteúdo e o líquido intercelular, ou as células dos tecidos. Infiltram-se entre estas, 
formando uma vasta rede, da qual saem vasos de calibre maior, com paredes mais consistentes, e geralmente dotados de válvulas, 
cuja orientação impede o refluxo da linfa. São os vasos linfáticos. Os vasos linfáticos vão se espraiando e crescendo em 
calibre maior até confluir em dois condutos principais: ducto torácico e ducto linfático direito. O sistema linfático é 
constituido pelos gânglios linfáticos, encontrados principalmente no pescoço, axilas e virilha, e pelos pequenos vasos 
que os interligam, vasos linfáticos. Esses gânglios contêm células brancas, os linfócitos, que produzem anticorpos para 
defender o organismo de infecções. Quando ocorre uma infecção, os gânglios linfáticos podem aumentar de tamanho e ficar 
doloridos enquanto estão reagindo aos microorganismos invasores. Eles também liberam os linfócitos para a corrente sanguínea.
 Ao seu conteúdo, misto de células e substâncias dissolvidas, dá-se o nome de linfa. O ducto torácico recebe a linfa de todas 
as partes do organismo situadas abaixo do diafragma, incluindo as víceras abdominais e também a metade esquerda das porções 
acima do diafragma. É o mais calibroso vaso linfático, e verte seu conteúdo no sistema venoso, desembocado na confluência 
da veia subclávia esquerda com a veia jugular interna direita. No trajeto dos vasos linfáticos encontram-se linfonodos, 
estruturas que fabricam os linfócitos e outros tipos de glóbulos brancos, que logo passam à circulação sanguínea. 
Toda essa massa é atravessada por vias tortuosas, os seios linfáticos, diretamente comunicados com os vasos que 
entram no linfonodo ou saem dele.  

FORMAÇÃO DA LINFA
A linfa é formada por filtração de líquido intercelular, ao nível dos capilares linfáticos. Sabe-se que as substâncias estranhas que, por qualque rmecanismo, chegam aos vãos entre as células, passam para dentro dos linfáticos e se incorporam à linfa, desde que não sejam partículas muito volumosas. Em condições normais, a linfa se forma a partir do líquido intercelular exsudado eme xcessos dos capilares. Na absorção dos elelmentos nutritivos e do oxigênio dissolvidos no sangue, as paredes espessas das artérias não permitem a passagem de tais substâncias paras ascélulas que devem ser alimentadas nem o trajeto oposto dos produtos eliminados. Assim, é ao nível dos capilares sanguíneos, de paredes suficientemente delgadas, que ocorre essa troca. As paredes desses capilares obstruem o tráfego de macormoléculas como as proteínas, mas dão passagem à água, cristalóides e gases dissolvidos. E o líquído que exsuda dos capilares sanguíneos é, em última análise, uma solução aquosa de sais e gases. Se o líquído intersticial fosse apenas produzido por mecanismos que envolvem pressões diferentes, e não fosse reabsorvido, os tecidos do organismo iriam inchar progressivamente, formando um edema (acúmulo de líquido instersticial).

Seja nosso sócio

Clique aqui e ganhe com seu site.

Tom 3x4

 Voltar a Órgãos						Próxima  

Home   Plantas Medicinais   Propriedades das Plantas Medicinais   Dicas   Doenças  Órgãos   Contato   Relatos   Envie seu relato   Produtos Naturais   Especialistas   Plantas Ornamentais   Fitoterapia   Glossário    Viva com Saúde   Bibliografia